• Por
  • Esp
Em fevereiro Porter Cuiabá entrega o 50º condomínio 02 de fevereiro de 2016

Em fevereiro Porter Cuiabá entrega o 50º condomínio

E, no mês de fevereiro, a unidade realizará a entrega do sistema para o quinquagésimo condomínio, que possui 28 apartamentos e aproximadamente 60 moradores. A solenidade no Edifício Liege Cristina ocorre no dia 15 de fevereiro, onde profissionais do Porter farão orientações aos usuários.

Conforme o gestor administrativo do Porter Cuiabá, Rogerio Azevedo, os síndicos estão buscando o sistema pelo aumento de segurança, economia e, sobretudo, pela agilidade no atendimento. Para auxiliar os clientes na prevenção contra ações criminosas e aumentar a segurança no processo de entrada e saída nos condomínios, o sistema de portaria remota ''é sem dúvidas o método mais eficiente e seguro'', explana Rogério.

O gestor comercial da unidade, Marcell B. Silva, destaca ainda que ''neste sistema o visitante ou prestador só tem acesso mediante a autorização, não expõe a portaria ao risco, possui gravação de áudio e vídeo de tudo o que acontece na portaria, enfim, é o que há de mais eficiente para acesso à portaria de condomínios aliando segurança, redução de custo e qualidade no atendimento'', frisa.

50 profissionais atuam no Porter Cuiabá, gerenciando o acesso aos condomínios.

Porter Cuiabá proporciona mais segurança a três mil moradores

Investir em tecnologia para aumentar a segurança e a economia foram as principais reivindicações dos condôminos do Valverdi Condomínio, de Cuiabá, ao síndico Marcelo Brandão. Há seis meses o estabelecimento utiliza o sistema Porter. Conforme Marcelo, as dificuldades foram sentidas nos primeiros 40 dias de uso, período considerado de adaptação.

Entre as vantagens e melhorias percebidas pelo síndico, o destaque é o controle de quem entra e quem sai do local. ''Com o Porter há um fluxo melhor do controle de entrada e saída dos visitantes do prédio''. Fomenta ainda, que antes, com a portaria convencional havia muitas despesas, porém ''hoje com a portaria remota conseguimos reduzir para quase 50% o custo''.