• Por
  • Esp
Entregas de dispositivos de acesso para condôminos são feitas por ciclistas 03 de abril de 2018

Entregas de dispositivos de acesso para condôminos são feitas por ciclistas

A Porter Curitiba inovou sua forma de realizar as entregas de tags e controles de garagem aos moradores de condomínios da cidade. O que antes era feito através de um colaborador, utilizando motocicleta ou carro, hoje é feito de forma ecológica.

A unidade iniciou uma parceria com a empresa SemCO2, uma opção consciente, eficiente, ecológica e segura. Agora, todas as entregas são feitas por ciclistas.

Conforme dados da Prefeitura de Curitiba, a cidade conta atualmente com uma malha cicloviária de cerca de 190 km, incluindo na lista vias calmas, ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas e passeios compartilhados, o que facilita e proporciona uma estrutura para uma entrega rápida e sustentável.

A unidade percebeu a necessidade de terceirizar o serviço pois o mesmo era feito por um colaborador da área técnica, o que exigia tempo de deslocamento e custos adicionais com combustível. Ao conhecer o trabalho oferecido pela SemCO2 a unidade optou pela mudança, contribuindo para uma economia mensal com combustível e um colaborador disponibilizando o seu tempo, exclusivamente, para as questões técnicas. 

O supervisor da Porter Curitiba, Luis Fellipe Oliveira da Silva, afirma que  a cidade conta com uma estrutura propícia para entregas, com ciclovias, áreas calmas e bons acessos aos bairros e, ter veículo que em teoria não depende do trânsito, otimiza o tempo de entrega. "Na maioria dos casos houve redução no tempo de entrega. Uma ideia excelente da SemCO2, de gestores que pensam no futuro do planeta. Comprei a ideia deles e por mim essa parceria será muito longa", sinaliza.

Ideia sustentável 

Todos os entregadores são ciclistas e corredores. Com essa iniciativa é possível realizar entregas sem a emissão de gás carbônico, contribuindo para um planeta mais limpo, seguro e sustentável.

A colaboradora da SemCO2, Luciane Lourenço realizando a entrega no condomínio Classic Palace.

Luis afirma ainda que, com essa mudança, muda a visão interna de todos os colaboradores e também de usuários. "Essa nova parceria traz inúmeras vantagens, nos fazendo pensar ainda mais o conceito de preservar, afinal são cerca de 40 quilômetros a menos percorridos com um veículo que emite CO2, isso em um dia tranquilo de entregas", destaca. 

Na visão do CEO da Porter do Brasil, Juliano Bortolotti, a franquia de Curitiba está sempre inovando em seus processos, visando à evolução constante. Agora, além de economizar, a unidade contribui ainda mais com a preservação do meio ambiente. "A unidade está explorando a estrutura que a cidade oferece. Entre as inúmeras vantagens de usar a bike estão o uso de um transporte limpo, que não polui, e, sobretudo em alguns clientes o deslocamento acontece com mais agilidade e rapidez do que com o uso das motos", comenta.