• Por
  • Esp
Manutenções preventivas preservam os equipamentos, afirma gestor 26 de janeiro de 2016

Manutenções preventivas preservam os equipamentos, afirma gestor

Um motor de portão basculante do condomínio que trava no meio da noite ou um dispositivo de abertura da porta que não reconhece o comando do tag são algumas situações que podem ser evitadas com procedimentos simples, eficientes e de baixo custo: as manutenções preventivas. A observação é do gestor do Porter de Marília, Moreno Medeiros, responsável pela franquia da maior empresa de portaria remota do país, o Porter do Brasil, adquirido pelo Grupo Calcular.

Segundo ele, ''nossa equipe técnica é formada por profissionais bem treinados e está pronta para atender qualquer emergência, 24 horas por dia. No entanto, para que não haja intercorrências, atuamos com a prevenção através da checagem de uma lista de itens que incluem, por exemplo, motores, cabos de aço, braços mecânicos, câmeras, interfones, etc''.

Moreno Medeiros explicou que ''existem dois tipos de manutenção: a preventiva e a corretiva''. A manutenção preventiva é para prevenir que ocorram alguns problemas, checar os rolamentos dos motores, como estão as dobradiças dos portões, se estão fazendo barulho; olhar o cabo de aço do motor basculante para ver se está começando a romper, esfiapando. Isso é a preventiva''.

Ele prosseguiu explicando que ''a manutenção corretiva é feita para verificar, por exemplo, se tem um parafuso frouxo, vamos apertar; se tem um barulho diferente no motor, vamos lá e arrumamos esse barulhinho, coisas que ainda não geraram defeito, mas têm indícios que vão dar problemas futuros''.

O gestor da empresa lembrou que ''nos condomínios com a portaria remota Porter, a manutenção dos equipamentos fica por nossa conta. Os condomínios nunca mais vão gastar para consertar ou substituir motores dos portões da garagem, as travas eletroímãs das portas de entrada, as câmeras posicionadas em pontos estratégicos que permitem o monitoramento das áreas com total segurança, os interfones IP, etc''.

Apesar das vistorias e manutenções preventivas, ''se ocorrer uma quebra de equipamento o Porter de Marília conta com um bom estoque. A qualquer hora estamos prontos para fazer os reparos ou substituição dos equipamentos'', explicou Moreno Medeiros. No entanto, acrescentou, ''para evitar transtornos desnecessários, atuamos para agir antes que o problema ocorra, em conformidade com o padrão Porter de qualidade''.

Moreno Medeiros informou que foi organizado um roteiro de visitas com checklist para verificação de toda a estrutura envolvendo equipamentos: ''A cada 15 dias, nosso técnico chega no condomínio e vai lubrificar todas as dobradiças, independente se está com barulho ou não. Além das dobradiças, lubrifica tudo que é da parte mecânica e tem movimento como  as junções do motor e a barra estabilizadora do portão basculante. Isso ajuda o motor a ter uma vida útil maior''.

Ele observou que se alguma peça ''está rangendo, está tendo atrito, significa que existe uma barreira que obriga o motor a exercer uma força maior para abrir e fechar. Se é uma dobradiça e lubrificamos isso ajuda a ter uma vida útil muito maior. Por isso, essa checagem é muito importante para garantir o bom funcionamento de tudo''.

Com relação às câmeras, o primeiro controle começa pela base operacional: ''Da central verificamos todas as câmeras e se há alguma câmera que está com uma imagem que não é ideal, são conferidos os cabeamentos, conectores e a própria câmera. Temos estoque para que se acontecer alguma coisa a gente possa trocar e, obviamente, evitar que pare de funcionar de madrugada'', explicou o gestor.

Moreno assinalou que o Porter Portaria Remota possui ''muita tecnologia embarcada, o que facilita nosso trabalho. Todo o sistema possui sensores. Eles registram quantos carros passaram no portão basculante, se a porta está aberta ou fechada; se a pessoa passou o tag e não abriu o portão. Tem sensores para indicar tudo. Quando dá algum problema, e é muito raro porque o sistema é muito eficiente, na maioria das vezes, quando aparece uma mensagem de erro é uma situação atípica que uma visita técnica soluciona''.

O gestor da empresa enfatizou um dos diferenciais da maior empresa de portaria remota do país: ''O bom é que o Porter do Brasil tem uma assistência 24 horas. Se o sistema parou por um problema de comunicação com nosso serial que libera o uso do sistema, telefonamos para eles, a qualquer hora, e a franqueadora tem técnicos prontos a atender e resolver online''.

Ele finalizou afirmando que ''o know-how do Porter do Brasil, com mais de 150 condomínios funcionando em 09 estados e Distrito Federal, e cerca de dois milhões de acessos diários, nos dá muita segurança. Do treinamento aos equipamentos homologados, estamos tranquilos para implantarmos a portaria remota que oferece uma expressiva segurança e economia de até 50% do custo em relação à portaria convencional. Não dá para arriscar fazendo um sistema simples e barato. A segurança vem em primeiro lugar. Essa é a nossa garantia''.

Matéria: Célia Ribeiro / Jornalista Grupo Calcular