• Por
  • Esp
Portaria remota Porter chega ao Chile 07 de fevereiro de 2018

Portaria remota Porter chega ao Chile

Com sete anos de atuação no mercado brasileiro, sendo referência no controle e gerenciamento de acesso a condomínios, a Porter do Brasil inicia, em 2018, seu processo de internacionalização. O Chile, com quase 17 milhões de habitantes, é o primeiro país a receber a solução de portaria remota.

Santiago, capital do Chile, será a cidade sede da primeira franquia internacional.  Conforme o CEO da Porter do Brasil, Juliano Bortolotti, a empresa encontra-se preparada para atender o mercado mundial, utilizando em seus serviços produtos com tecnologia de ponta, reconhecidos e referenciados internacionalmente, seguindo todas as normas de segurança, além de constantemente atualizar o seu sistema para garantir a excelência no controle e gerenciamento de acessos.

A franquia será gerenciada pelos empresários Patricio Espinoza e Marcio Alves Barroso, e segundo eles, o mercado chileno é muito promissor. "Aqui o processo de verticalização foi levado a sério e as grandes regiões centrais são quase que, exclusivamente, compostas por edifícios e a solução de portaria remota ainda não é conhecida. Então temos a certeza que estamos investindo no lugar certo e na melhor hora possível", destacam.

Por ser uma novidade, Espinoza e Barroso acreditam que a tecnologia de portaria remota terá, inicialmente, desafios comuns a qualquer inicio de negócio, ainda mais em um novo país. Entretanto ressaltam que, a estratégia será a resiliência para conquistar clientes e dessa forma crescer e expandir a Porter para toda América Latina.

Conforme Juliano Bortolotti, a empresa planeja expansão para toda América Latina, principalmente Argentina e Uruguai, por terem as mesmas condições do mercado brasileiro. "Inicialmente nossa meta é ter a participação de mercado de 15% em cinco anos", sinaliza.

Inicio das atividades no Chile

A Porter Chile iniciou as operações em janeiro e agora resolve questões burocráticas para a abertura. A franqueadora estima que em até seis meses a unidade já estará em total funcionamento.

"Esperamos muito em breve iniciarmos a divulgação dos nossos serviços. A expectativa que temos é de um primeiro ano com muito investimento em publicidade e na medida do possível alguns clientes. A partir do momento em que tivermos nossos primeiros clientes instalados, a notícia vai se espalhar e, em pouco tempo, teremos muitos clientes satisfeitos com a Portaria Remota Porter", destacam os gestores.

 "O chileno é um consumidor exigente, e por isso, acredito que enquanto não tivermos nosso primeiro cliente instalado, teremos um pouco mais de resistência para conseguir outros clientes", complementam.

Por respeitar normas e padrões internacionais de segurança, a Porter do Brasil não realizou nenhuma modificação para atender o mercado Chileno.  Os gestores da unidade estiveram na Porter Franqueadora onde receberam treinamento técnico e comercial para a divulgação, venda e instalação da portaria remota.

Santiago, Chile. Imagem: Dicas Chile.

A Porter:

A Porter do Brasil iniciou suas atividades em Cuiabá, no estado do Mato Grosso, em 2011, onde logo após o primeiro condomínio com a solução, expandiu a tecnologia para vários estados do país e, agora chega ao Chile.

A tecnologia utilizada pela Porter está na terceira geração diferenciando-a de todos os players de mercado. Trata-se de uma solução com alta tecnologia empregada, tanto de hardware quanto de software, totalmente integrados em que juntos fornecem segurança, confiabilidade e eficiência na prestação dos serviços.

Em 2017, a rede presente nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins, atinge a marca de 32 franquias, com mais de três milhões de acessos mensais e atendimento em mais de 400 condomínios.